Produção

Arianne melhora processo metalúrgico

Arianne Phosphate, empresa em fase de desenvolvimento do projeto da mina de fosfato Lac à Paul, na região de Saguenay Lac-Saint-Jean, em Quebec, Canadá, anunciou que obteve resultados favoráveis nos testes metalúrgicos realizados nas instalações da COREM em Quebec.

Testes conduzidos no início de 2020, relatados por Arianne, demonstraram os benefícios de usar um agente de coleta diferente da NordChem, uma empresa canadense que fornece produtos e reagentes personalizados para a indústria. Os resultados recentemente recebidos desses testes demonstraram que Arianne pode produzir um concentrado de fosfato contendo em média 40,25% de pentóxido de fósforo (P2O5) com recuperações variadas entre 91,1% e 93,2%. Combinado com a velocidade com que esse coletor atua e a remoção de alguns outros agentes, isso resultaria em economia de custos na produção do concentrado de alta pureza da empresa.

“A Arianne continua aprimorando seu projeto de fosfato Lac à Paul”, disse Jean-Sébastien, Diretor de Operações da empresa. “Em parceria com grupos como COREM e NordChem, estamos sempre buscando maneiras de melhorar nosso projeto. Atualmente, a Arianne já deve estar entre os produtores mais baratos de concentrados de fosfato de alta pureza e, ao fazer essa mudança em nosso processo, seremos capazes de reduzir ainda mais esse custo. Além disso, o Conselho Nacional de Pesquisa do Canadá forneceu assistência financeira para o trabalho associado a esses testes como parte de seu Programa de Assistência à Pesquisa Industrial (IRAP).”

Por fim, Arianne também anunciou a concessão de 400.000 opções a alguns conselheiros e membros da alta administração. Cada uma das opções permite ao seu titular comprar uma ação ordinária da empresa até 6 de julho de 2030 ao preço de CAN$ 0,21 por ação, ou seja, o preço de fechamento das ações da empresa na assembleia anterior à data da outorga. As opções estão sujeitas a um período de carência de 1 ano, de acordo com o plano e política e estão sujeitas à aprovação regulamentar. A decisão do conselho de conceder opções para a administração e funcionários da empresa foi tomada em reconhecimento aos cortes substanciais de salários em dinheiro feitos em abril de 2020 em resposta à crise do COVID-19, um esforço que permanecerá em vigor no futuro previsível.

World Fertilizer, 10/08/2020