Negócios

Acron deverá assumir fábrica de fertilizantes nitrogenados no Brasil

O secretário Jaime Verruck (do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) estará em Três Lagoas, junto com técnicos de sua pasta, da fazenda e da MSGas para encontro com a Acron, a empresa russa prestes a assumir a fábrica de fertilizantes da Petrobras parada há 5 anos na cidade. O prefeito três-lagoense, Angelo Guerreiro, (PSDB) também participa.

Segundo a coluna apurou, o foco da programação de hoje são aspetos técnicos dos termos de acordo para a venda da fábrica, batizada de UFN3, aos russos. Dentro da cúpula do governo de MS, é grande a expectativa de assinar nos próximos dias a venda e retomada das obras.

O montante envolvido é estimado pelo mercado em R$ 8,2 bilhões, mas a Petrobras faz mistério. Em seu último comunicado ao mercado a respeito, disse que estavam sendo cogitados valores errados, mas não detalhou quais seriam as certas.

Não tem número baixo quando o assunto envolve o empreendimento. A unidade foi projetada para comportar a fabricação de 70 mil toneladas de amônia e 1,22 mil toneladas de ureia granulada ao ano. Sozinha, a planta tem previsão de gerar mil empregos diretos e outros 10 mil indiretos.

CampoGrandeNews, 14/10/2019