Mercado

Ucrânia pode restringir importação de fertilizantes da Bielorrússia

Segundo Mosaic, Brasil comprou 40% do volume de fertilizantes esperado para 2021

De acordo com sua declaração, no início de março deste ano, a Bielorrússia apresentarou um pedido anti-discriminatório em relação à importação de cloreto de potássio, para proteger os interesses de Sumykhimprom e da fábrica de fertilizantes minerais Dneprovsky.

A situação atual na Ucrânia com a importação de produtos químicos agrícolas da Bielorrússia aconteceu devido às sanções americanas impostas.

“As sanções contra a Bielorrússia já afetam fortemente o mercado ucraniano. Grodno Azot e Belneftekhim foram incluídos na lista de sanções dos Estados Unidos. As empresas americanas já se recusam a trabalhar com eles. O mercado da União Europeia também está encolhendo para fertilizantes bielorrussos. Tudo o que as empresas bielorrussas não podem vender aos mercados ocidentais já está indo para a Ucrânia. Os produtores bielorrussos em maio e junho exportaram para o mercado ucraniano duas vezes mais fertilizantes em relação a abril ”, disse Igor Golchenko.

Fertilizerdaily, 22/07/2021

Fonte da imagem: Pixabay.