Logística

Fertilizer Canada pede ao governo soluções no Porto de Montreal

A Fertilizer Canada pediu ao governo canadense que trabalhe rapidamente para encerrar a greve no Porto de Montreal e colocar os fertilizantes em movimento novamente. É necessária uma ação decisiva para minimizar o impacto desta greve sobre os agricultores canadenses, especialmente aqueles em Quebec e nas províncias atlânticas.

Centenas de milhares de toneladas de fertilizantes entram no Canadá pelo Porto de Montreal durante a temporada de semeadura da primavera. Esses fertilizantes são destinados a fazendas em todo o leste do Canadá e garantem que os fazendeiros possam produzir suas lavouras. Se essa greve for permitida, até um milhão de acres no leste do Canadá podem ficar sem fertilização na próxima semana.

“Enquanto o Canadá continua a lutar contra a Covid-19, nossos cidadãos precisam de um suprimento de alimentos contínuo e estável. Qualquer greve significará que os fertilizantes essenciais não cheguem aos agricultores no Leste e atlântico do Canadá. Os agricultores estão em uma época crítica de semeadura na primavera”, disse Karen Proud, presidente e CEO da Fertilizer Canada.

Coletivamente, a Fertilizer Canada representa os fabricantes, distribuidores atacadistas e varejistas de fertilizantes de nitrogênio, fosfato, potássio e enxofre. A indústria de fertilizantes adiciona US$ 23 bilhões anualmente ao Produto Interno Bruto do Canadá e sustenta mais de 76.000 empregos, cada um dos quais é impactado negativamente por esta greve.

Fertilizerdaily, 26/04/2021

Fonte da Imagem: Pexels.