Produção

Situação da greve começa melhorar em Rustavi Azot na Georgia

Os funcionários da Rustavi Azot (Geórgia) continuam seu protesto, porém, alguns dos grevistas concordaram com a proposta da administração da empresa e estão prontos para voltar ao trabalho.

A alta administração da Rustavi Azot propôs aumentar os salários dos trabalhadores em greve com renda abaixo de US$ 290 em US$ 72 e em US$ 36 para trabalhadores com salário acima de US$ 290. A administração da Rustavi Azot está disposta a não reter os salários dos dias de greve e a emitir um bônus de Páscoa US$15 para cada funcionário.

Os demais grevistas pedem algumas modificações nas condições propostas pelo governo. Enquanto não forem aceitos, esses trabalhadores ficarão na entrada do empreendimento. As obras na Rustavi Azot ainda estão suspensas.

Fertilizerdaily, 10/05/2021

Fonte da imagem: Pixabay.