Produção

Fábrica de Ureia-Amônia no Egito começa a operar

A Stamicarbon anunciou que o teste de desempenho do novo complexo de amônia-ureia, da Indústria Egípcia de Químicos e Fertilizantes – KIMA, foi concluído recentemente e as plantas foram entregues ao cliente.

A construção foi um projeto conjunto entre a Tecnimont e a Stamicarbon – duas empresas irmãs do Grupo Maire Tecnimont – como empreiteiro EPC e licenciador de tecnologia de ureia, respectivamente.

O complexo de fertilizantes consiste em:

-Uma planta de 1200 tpd de amônia, usando a tecnologia Purifier da KBR.

-Uma planta de 1575 tpd de ureia derretida, usando o Pool Reactor Design da Stamicarbon.

-Uma planta de granulação com 1575 tpd de ureia, usando o projeto de granulação da Stamicarbon.

As fábricas estão situadas no governo de Aswan, no Alto Egito.

Enquanto trabalhava nas difíceis condições causadas pelo Covid-19. Os funcionários da Stamicarbon deram suporte ao KIMA de forma que pudessem operar a planta adequadamente e atender aos valores de garantia, enquanto os funcionários da Stamicarbon voltaram para casa pouco antes do bloqueio e os ajudaram ainda mais por meio de ferramentas de comunicação digital. A equipe da Tecnimont permaneceu no local e teve que tomar precauções especiais e encontrar novas soluções para garantir a saúde e a segurança do pessoal.

Com este projeto, a Stamicarbon agora possui 10 plantas de ureia licenciadas e em operação no Egito, com a próxima já sendo projetada.

World Fertilzer, 19/06/2020

Fonte da imagem: Unsplash