Produção

Fábrica de fertilizantes à base de boro será instalada em Montenegro

Fábrica de fertilizantes à base de boro será instalada em Montenegro

O chamado Polo Integrado da Química RS, que está sendo desenvolvido em uma área de quase 700 hectares no município de Montenegro, na divisa com Triunfo, já verifica empresas encaminhando a implementação de suas fábricas no local. Uma delas, a Sulboro, que atua no segmento de fertilizantes à base de boro, espera iniciar as atividades em sua nova sede dentro do complexo até o final do próximo ano. No caso específico da Sulboro, a companhia, hoje instalada em Canoas, percebeu que necessitava expandir sua capacidade produtiva.  

Na ocasião, Battastini recordou que a ideia nasceu no início de 2017 pela necessidade de se ter um local para as empresas químicas poderem se instalar com segurança e infraestrutura, aproveitando a sinergia de ter prestadores de serviço próximos e uma logística adequada (o polo encontra-se perto dos modais rodoviário, ferroviário e hidroviário). Ou seja, o empreendimento trabalha com o conceito de cluster (agrupamento de companhias inter-relacionadas em uma área em comum). 

Leite ainda enfatizou a relevância da indústria química para o Rio Grande do Sul e seu potencial de crescimento. O setor no Estado verifica um faturamento anual de mais de R$ 67 bilhões e propicia cerca de 18 mil empregos diretos. Também participante do evento, o presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Ciro Marino, acrescentou que a localização do polo químico também é estratégica quanto às oportunidades futuras de fornecimento de um insumo muito importante para esse segmento: o gás natural. Além de projetos quanto à gaseificação de carvão mineral que estão sendo conduzidos no Estado, ele ressalta que existe a possibilidade de o Rio Grande do Sul ser abastecido, nos próximos anos, com gás da gigantesca jazida de Vaca Muerta, situada nas províncias argentinas de Neuquén e Mendoza. 

Jornal do Comercio, 10/12/2020