Negócios

Yara anuncia resultados do primeiro trimestre de 2020

O lucro líquido do primeiro trimestre após a participação de acionistas não controladores foi negativo em US$ 117 milhões (US$ -0,43 por ação), comparado com US$ 96 milhões (US$ 0,35 por ação) no ano anterior. O resultado negativo inclui uma perda cambial não monetária de US$ -0,81 por ação, resultante principalmente de um fortalecimento do dólar norte-americano ao longo do trimestre. Excluindo efeitos cambiais e itens especiais, o resultado foi de US$ 0,39 por ação, comparado a US$ 0,59 por ação no primeiro trimestre de 2019.

O lucro operacional do primeiro trimestre foi de US$ 248 milhões, acima dos US$ 198 milhões do ano anterior. O EBITDA do primeiro trimestre, excluindo itens especiais, foi de US$ 504 milhões, acima dos US$ 464 milhões do ano anterior, refletindo principalmente maiores entregas de produtos premium e menor custo de energia, mais do que compensando o impacto de preços mais baixos.

“A Yara oferece melhores resultados, com o EBITDA do primeiro trimestre excluindo itens especiais em até 9%. As operações da Yara estão quase chegando ao normal e os resultados refletem principalmente maiores entregas com o plantio e a aplicação do hemisfério norte progredindo bem ”, disse Svein Tore Holsether, presidente e diretor executivo da Yara.

“Apoiar o fornecimento de alimentos para a sociedade é uma prioridade para a Yara. Graças a um forte esforço organizacional e a boa colaboração com autoridades em todo o mundo, conseguimos garantir a continuidade no fornecimento de insumos agrícolas. Também estamos vendo um forte crescimento da demanda por nossas ofertas digitais, em uma situação em que as interações físicas dos agricultores são reduzidas”, disse Holsether.

As entregas totais de vendas e marketing foram 10% maiores em comparação com o ano anterior, refletindo principalmente um aumento de 15% nas entregas na Europa. As margens comerciais ficaram estáveis ​​em comparação com o ano anterior. As entregas de novos negócios foram estáveis. A produção de amônia da Yara caiu 7%, enquanto a produção de fertilizantes acabados caiu 3% em comparação com o ano anterior.

A Yara decidiu desenvolver seus negócios de nitrogênio industrial em uma estrutura de “Holding Industrial” dentro da Yara com governança separada e maior autonomia. A estrutura compreenderá o segmento de Novos Negócios existente, juntamente com as plantas de produção de Brunsbüttel, Le Havre, Köping e Cubatão. A estrutura e os relatórios serão finalizados em 2020.

Yara, 23/04/2020