Negócios

Petrobras analisa única proposta recebida para arrendamento das Fafens de Sergipe e da Bahia

A Petrobras confirmou nesta terça-feira (12) que a empresa Proquigel Química S.A foi a única a apresentar uma proposta para o arrendamento das Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen-SE) e da Bahia (Fafen-BA).

Ela era uma das três empresas pré-qualificadas para o processo. O arrendamento no período de dez anos, renováveis por mais dez.

Após várias prorrogações o prazo para o envio de propostas terminou nesta segunda-feira (11/11/2019).

A partir de agora a proposta recebida está sendo analisada. A licitação segue as etapas previstas na Lei Federal 13.303/2016 (Lei das Estatais) e no Regulamento de Licitações e Contratos da Petrobras (RLCP).

Um termo foi celebrado entre a Petrobras e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e estabelece o limite de prazo até o final de 2021 para que a Petrobras deixe a posição dominante no mercado de gás natural, envolvendo venda de ativos e de participações nos segmentos de transporte e distribuição, bem como a oportunidade de arrendamento do terminal de regaseificação na Bahia.

A Petrobras iniciou no dia 10 de janeiro o processo de arrendamento da fábrica de fertilizantes, localizada em Sergipe.

Além das fábricas de fertilizantes nitrogenados, a licitação inclui os terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, na Bahia.

Sobre a Fafen-SE

A Fafen-SE é uma unidade de fertilizantes nitrogenados com capacidade de produção total de ureia de 1.800 t/dia. Também comercializa, amônia, gás carbônico e sulfato de amônio (também usado como fertilizante).

A Fafen em Sergipe entrou em operação em outubro de 1982 e o anúncio do fechamento da fábrica provocou uma série de protestos. Cerca de 1.500 postos de trabalho direto podem acabar, e mais 5 mil empregos indiretos.

Sobre a Fafen-BA

A Fafen-BA iniciou suas atividades em 1971, com foco na produção de fertilizantes nitrogenados. Os principais produtos da fábrica são amônia, ureia, gás carbônico e Agente Redutor Líquido Automotivo (Arla 32).

 G1, 12/11/2019

Fonte da Imagem: Freepik