Negócios

Mosaic Company divulga resultados do ano de 2019

A Mosaic Company reportou uma perda líquida de US$ 1,07 bilhão para o ano inteiro de 2019, refletindo as despesas calculadas e anunciadas previamente, das decisões de otimizar o portfólio de ativos, bem como uma redução no valor do ágio, tudo devido a condições desafiadoras da indústria em todo o mundo.

As condições climáticas, incluindo o ano mais chuvoso da América do Norte em quase 50 anos, impactaram negativamente as aplicações norte-americanas de primavera e outono e os volumes de vendas, que por sua vez pressionaram os preços. Em resposta a essas condições, a empresa tomou decisões agressivas para melhorar sua estrutura de custos e equilibrar a produção com a demanda dos clientes. Essas ações anunciadas anteriormente, incluindo o fechamento permanente das operações de fosfatos de Plant City, a aceleração da produção de Esterhazy K3 e a ociosidade prolongada da mina de potássio de Colonsay, combinadas com o comprometimento do goodwill do segmento de fosfatos, levaram a US$ 1,46 bilhão em despesas calculadas.

As vendas líquidas da Mosaic no 4T19 foram de US$ 2,1 bilhões, ante US$ 2,5 bilhões no ano passado, impulsionadas por menores volumes de vendas e preços mais baixos de fosfato.

“Nesse ambiente desafiador, agimos decisivamente, executamos bem e fortalecemos as operações da empresa para o futuro, ao mesmo tempo em que obtemos resultados recordes de segurança”, disse o presidente e CEO Joc O’Rourke. “Nossas ações para gerenciar nosso portfólio de ativos e reduzir nossa estrutura de custos, nossos estoques reduzidos e a forte demanda global esperada de fertilizantes em 2020 nos deixam uma tremenda oportunidade de capitalizar as tendências de melhoria que vimos no início deste ano”.

World Fertilizer, 20/02/2020

Fonte da imagem: Freepik