Mercado

Yara inicia remessa de fertilizantes para a África Oriental

A Yara anunciou que o embarque de fertilizantes parou a partir de sua unidade de produção em Porsgrunn, na Noruega, em direção à África Oriental.
A Yara comprometeu 40.000 t de fertilizantes, conhecimentos agronômicos e capacitação digital a pequenos agricultores em uma parceria público-privada apoiada pelo Programa Mundial de Alimentos da ONU, pelo governo norueguês e por instituições africanas. 

Em direção ao Quênia e à Tanzânia, as primeiras 20.000 t de YaraMila a bordo do cargueiro Bonette deixaram a fábrica durante as primeiras horas da manhã de 28 de junho. 

“Tenho orgulho de que a Yara possa contribuir para aumentar a segurança alimentar em comunidades vulneráveis. A iniciativa da Action Africa tem muitos marcos por vir e estou convencido de que só vimos o começo. O impacto total disso vai muito além do que imaginamos pela primeira vez”, disse Pablo Barrera Lopez, vice-presidente executivo de estratégia e comunicação. 

Com o objetivo de alcançar pequenos agricultores no Quênia, Uganda, Ruanda, Tanzânia, Zâmbia, Malawi e Moçambique, o fertilizante e o apoio agronômico ajudarão os agricultores a produzir alimentos para um milhão de pessoas por um ano. 

Na semana passada, o ministro norueguês do Desenvolvimento Internacional, Dag Inge Ulstein, visitou a fábrica de Porsgrunn para supervisionar os preparativos antes da partida do navio. Ele também se encontrou com o CEO da Yara, Svein Tore Holsether, e os funcionários envolvidos na preparação da remessa. 

“Se queremos atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, bem como as pessoas que mais precisam de nossa ajuda, precisamos de ainda mais parcerias público-privadas. Essa iniciativa da Yara é muito importante e irá percorrer um longo caminho”, disse Ulstein. 

World Fertilizer, 03/07/2020