Mercado

Sudão recebeu fertilizantes de países árabes

A Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos enviaram 50 mil toneladas de fertilizantes minerais para agricultores sudaneses. Eles permitirão “salvar a estação agrícola no país e ajudar os agricultores”, bem como reduzir a carga sobre a libra sudanesa, segundo representantes dos círculos governamentais do Sudão.

Fertilizantes são uma continuação do programa de apoio financeiro para o Sudão pela Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, no valor de US $ 3 bilhões, incluindo um depósito de US $ 500 milhões no Banco Central do Sudão.

Como resultado da crise econômica que atingiu o Sudão no ano passado, o presidente Omar al-Bashir, que governou o país desde 1993, foi derrubado por um golpe militar.

As autoridades sudanesas acreditam que o fertilizante enviado ajudará a aliviar a crise dos agricultores sudaneses, “dado que a agricultura é a principal fonte de renda para a maioria da população”.

 

Fertilizer Daily, 17/07/2019