Mercado

Recuperação do mercado em janeiro impacta no Sulfato de Cobalto nacional 

Recuperação do mercado em janeiro impacta no Sulfato de Cobalto nacional 

O setor de baterias, bastante impactado pela pandemia em 2020, deve voltar a crescer neste ano. Políticas internacionais de incentivo ao uso de fontes renováveis de energia e o início das campanhas de vacinação em todo o mundo trazem ânimo para o setor, e consumidores voltaram ao mercado em janeiro para abastecer seus estoques. 

Com essa expectativa de alta, o cobalto, metal utilizado na fabricação de baterias, apresentou um aumento nas vendas e seu preço disparou na Bolsa de Metais de Londres, a LME, atingindo os valores mais altos desde dezembro de 2019. 

Além do uso em baterias, o metal também é utilizado na produção de fertilizantes e na nutrição animal. O Brasil importa o hidróxido de cobalto para a fabricação de insumos agrícolas e com o maior preço do metal, o produto também ficou mais caro e já está sendo repassado por produtores nacionais. A soja é uma importante cultura que consome o cobalto no país, que necessita do nutriente para o desenvolvimento dos nódulos radiculares. A nutrição animal também utiliza em grande escala o produto, com um maior consumo no fim do semestre 

 

– Equipe GlobalFert, 27/01/2021 

– Fonte de imagem: freepik