Mercado

Potash e Mosaic encerram disputa sobre mina canadense

As produtoras de fertilizantes Potash e Mosaic anunciaram ter encerrado hoje a disputa sobre cobranças de pedágio ligadas à mina de Esterhazy, da Mosaic, localizada na província canadense de Saskatchewan. Durante 40 anos, a Mosaic forneceu potássio da mina à Potash a preço de custo, como parte de um acordo sobre pedágios, mas em maio afirmou que suas obrigações no acordo já tinham sido cumpridas. Desde então, as duas companhias passaram a exigir seus respectivos direitos e obrigações na mina, o que inclui discussões sobre as quantidades que a Mosaic deveria entregar.
Conforme o acordo, as companhias concluíram que a Mosaic deve entregar o potássio devido à Potash referente a 2011 e 2012, de modo que, no fim de 2012, a capacidade de produção de Esterhazy será incorporada pela Mosaic. As quantidades de potássio exatas não foram informadas.
Também na resolução, a declaração de “força maior” feita pela Mosaic em 2009 – que exclui uma parte de obrigações por conta de alguma circunstância extraordinária – será descartada. “”Esse acordo oferece à Potash e às suas partes interessadas a certeza até 2012 e se enquadra ao nosso atual programa de expansão em potássio, que aumentará a capacidade operacional para 17,1 milhões de toneladas até 2015″”, disse a Potash, em comunicado. As informações são da Dow Jones.

Agência Estado, 08/12/2011