Mercado

Negociações da safra 21/22 foram antecipadas devido às relações de troca positiva entre grãos e fertilizantes

A Negociações da safra 21/22 foram i antecipadaas devido àa relação de troca positiva entre grãos e fertilizantesfreepik

Houve um crescimento de 3,5% para entregas de fertilizantes no mercado brasileiro, tendo como perspectiva a alta do preço, de acordo com o presidente da Anda, Eduardo Monteiro.  

Segundo ele, a relação de troca positiva entre grãos e fertilizantes antecipou os negócios para a Safra 2021/2022. 

É previsto que as entregas de fertilizantes no mercado brasileiro passem de 36,2 milhões de toneladas para 37,5 milhões em 2020, os fatores para esse acontecimento é a existência de um cenário favorável para as commodities, custo logístico, aumento da área plantada e tecnologia – aumentando a demanda por fertilizantes. 

Comercialização antecipada 

“Sim. Observamos essa tendência. Os preços estão favoráveis quando se olha a relação de troca. Vimos nos últimos dias um aumento nos preços dos fertilizantes. E isso tem provocado como efeito colateral um aquecimento maior pensando na safrinha do próximo ano”, analisa Eduardo Monteiro. 

No caso do Mato Grosso que já está com 87% do fertilizante da safrinha comercializado ante uma média de 55% no mesmo período do ano passado. No caso da soja, inclusive, a relação é a mesma. Para a próxima safra, o mercado já comercializou cerca de 17% do fertilizante a ser utilizado. Sendo que, este mesmo número no ano passado era de cerca de 2%.  

Tendência dos preços 

Monteiro projeta que o cenário é positivo para os preços, pois a alta das cotações dos grãos deve ser acompanhada de incremento também nos fertilizantes. “Há uma perspectiva real de aumento nos preços dos fertilizantes. Substancialmente em virtude da boa rentabilidade dos grãos, a relação de troca. Pois, para manter esta relação de troca que se mantém muito favorável, o preço do fertilizante tende acompanhar esse acréscimo nas cotações dos grãos”, finaliza. 

Canal Rural, 14/09/2020

Fonte da Imagem: Freepik