Mercado

Exportações de cooperativas aumentam 30% no ano

As exportações das cooperativas brasileiras subiram 30% nos primeiros onze meses de 2011 em comparação ao mesmo período de 2010. As vendas externas somaram US$ 5,6 bilhões no período, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento. O saldo das cooperativas na balança comercial é de US$ 5,3 bilhões entre janeiro e novembro.
Ao todo, 186 cooperativas realizaram vendas para outros 133 países. Os principais produtos vendidos no exterior foram açúcar refinado, café em grãos, soja em grãos, açúcar bruto, pedaços e miudezas comestíveis de frango, farelo de soja, etanol e trigo. Os principais compradores foram China, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Alemanha, Países Baixos, Japão e Rússia.
As importações tiveram expansão de 29,1% no período, para US$ 322,2 milhões. As compras, feitas em 36 países, foram concentradas em insumos para fabricação de fertilizantes, como cloreto de potássio e ureia, cevada cervejeira, malte não torrado além de máquinas para processamento de carnes e fiação de matérias têxteis.

Valor Econômico, 15/12/2011