Mercado

Exportações brasileiras para os países árabes crescem 22% em 2011

As exportações brasileiras para os países árabes totalizaram US$ 13,8 bilhões no acumulado de janeiro a novembro de 2011, o que representa um crescimento de 22% em relação ao mesmo período de 2010. As importações provenientes dos países árabes também registraram aumento expressivo, fechando o mesmo período com US$ 9,3 bilhões e crescimento de 44% em relação ao ano anterior.
Segundo a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, as instabilidades registradas neste ano em alguns países árabes não estão comprometendo os resultados.
– O relacionamento comercial entre Brasil e países árabes tem se mostrado aquecido durante todo o ano – diz o diretor geral da Câmara Árabe, Michel Alaby.
Do total de US$ 13,8 bilhões registrado pelas exportações brasileiras no acumulado de janeiro a novembro de 2011, a Arábia Saudita lidera como principal destino, registrando US$ 3,1 bilhões e crescimento de 14% em relação ao mesmo período de 2010. Em seguida está o Egito (US$ 2,3 bilhões e elevação de 29% em relação a 2010) e Emirados Árabes Unidos (US$ 2 bilhões e 19% de variação positiva). Na pauta dos produtos exportados, destaque para açúcar, carnes, minérios, cereais e óleos.
Das importações brasileiras dos países árabes, a Argélia lidera registrando US$ 2,9 bilhões e aumento de 34%, seguida da Arábia Saudita, com US$ 2,8 bilhões e crescimento de 53%, e do Marrocos, com US$ 1,1 bilhão e variação positiva de 81%. Destaque para o aumento das importações de petróleo e derivados, fertilizantes, sal e plásticos.

Assessoria de Imprensa da Secex/ MDIC , 13/12/2011