Mercado

China importou menos grãos, mas vê aumento em fertilizantes

As importações chinesas de soja totalizaram 7,36 milhões de toneladas em maio deste ano, recuo de 24% ante igual período do ano anterior, informou o Departamento de Alfândegas da China. No acumulado do ano, o país asiático importou 31,75 milhões de toneladas da oleaginosa.

Dentre os derivados da oleaginosa, a China adquiriu 50 mil toneladas de óleo de soja em maio deste ano, recuo de 7,4% em relação ao volume registrado em igual mês do ano passado. Nos primeiros cinco meses do ano, a importação da commodity totalizou 190 mil toneladas.

As importações chinesas de milho chegaram a 750 mil toneladas em maio, queda de 1,1% ante a maio de 2018. No acumulado de 2019, o país importou 2,39 milhões de toneladas do cereal.

De trigo, os chineses importaram 210 mil toneladas em maio, volume 67,2% menor que o de igual mês do ano passado. Nos primeiros cinco meses do ano, as importações do cereal pelo país asiático totalizaram 1,45 milhão de toneladas.

As aquisições de fertilizantes pelo país asiático também registraram alta. Em maio, a China importou 1,140 milhões de toneladas de fertilizantes, volume 43% maior que o comprado em igual mês do ano passado. De janeiro a maio de 2019, o país importou 5,790 milhões de toneladas.

RevistaGloboRural 25/06/2019