Mercado

Cadeia de fertilizantes nos EUA é declarada essencial por autoridades americanas

Empresas e funcionários da indústria de fertilizantes foram designados como “funcionários essenciais da infraestrutura” pelo Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês), já que autoridades federais e estaduais cumprem mandatos mais rigorosos para conter a disseminação do Coronavírus.

A designação do DHS permitiu que empresas de toda a cadeia de suprimentos mantenham operações normais. As medidas federais, estaduais e locais em combate ao Coronavírus fecharam empresas e escolas em todo o país.

O The Fertilizer Institute (TFI) aplaudiu a decisão depois de solicitar ao governo do presidente Donald Trump para proteger os distribuidores de fertilizantes de possíveis interrupções.

“O fertilizante é responsável por 50% da produção agrícola e é essencial para o suprimento de alimentos do nosso país”, disse o presidente do TFI, Corey Rosenbusch. “Agradecemos ao governo Trump por reconhecer o papel crítico que o fertilizante desempenha na alimentação de nossa nação e do mundo”.

A designação do DHS ocorre no momento em que os produtores americanos estão se preparando para aplicar fertilizantes antes do plantio da safra de primavera. Qualquer gargalo que prejudique a distribuição de fertilizantes durante o pico de demanda irá impactar a produção agrícola dos EUA.

“As próximas seis a oito semanas serão cruciais para nossos membros e seus clientes agricultores, pois eles realizam atividades de plantio na primavera”, disse Rosenbusch na carta da TFI à Casa Branca. “A entrega oportuna de nutrientes para os agricultores americanos é fundamental para sua capacidade de produzir alimentos, combustível e fibra”.

Argus Midia, 20/03/2020

Fonte da Imagem: Freepik