Logística

Porto de Santa Catarina tem 39 mil toneladas de fertilizantes impedidas de serem desembarcadas

Demora na entrega da matéria prima gerou atraso no calendário agrícola da região. Parte do adubo que será usado na próxima safra de Santa Catarina está parado no porto de São Francisco do Sul.

Desde o começo do mês, três navios com 39 mil toneladas da matéria-prima ainda aguardam vaga para atracar. De acordo com a Federação de Cooperativas Agrícolas de Santa Catarina (Fecoagro), isso está acontecendo porque a direção do porto priorizou o descarregamento de outros produtos, como o aço.

Com o estoque baixo, o calendário agrícola do estado está sendo prejudicado. Isso acontece porque o fertilizante e a semente têm uma data específica para cair no solo.

No estado, pelo menos 70 mil agricultores dependem da mercadoria.

G1 Globo Rural,18/07/2021

Fonte da imagem: Freepik.