Logística

Porto de Antonina: Movimentação cresce 816%

“Retomada da credibilidade pelos clientes e retorno de cargas impulsionaram os trabalhos em Antonina. O Porto receberá também empresas que vão desenvolver plataformas para exploração do pré-sal.
A movimentação de mercadorias pelo Porto de Antonina cresceu 816% em 2011. No comparativo até a primeira quinzena de outubro com o mesmo período do ano passado, a movimentação de mercadorias passou de 20 mil toneladas em 2010 para 1,15 milhão de toneladas em 2011.
“O aumento na movimentação de mercadorias é reflexo da facilidade para que o Porto trabalhe. Com o governo Beto Richa, nosso foco é incentivar o trabalho sem criar empecilhos. E esta postura já tem sido percebida pelos usuários que voltaram a utilizar Antonina”, afirma o superintendente da Appa, Airton Vidal Maron.
Entre as mercadorias movimentadas, o fertilizante é a que lidera as operações no Porto de Antonina. O terminal tem sido utilizado como alternativa para a movimentação do produto, desafogando as operações em Paranaguá e permitindo que os navios consigam ser atendidos com maior agilidade.
O Porto de Paranaguá é hoje o principal porto importador de fertilizantes do Brasil. Atualmente 6 berços são destinados para atender este tipo de mercadoria. Com a utilização de Antonina como opção, são mais 2 berços dedicados a esta operação.
Fora os fertilizantes, também está sendo movimentado pelo terminal, açúcar, contêineres e carga geral. “Nossa expectativa é já em 2012 passar a movimentar 2 milhões de toneladas de mercadorias em Antonina, chegando a 3 milhões de toneladas até 2014”, afirma o diretor empresarial da Appa, Lourenço Fregonese.

Bem Paraná,26/10/2011