Logística

Movimentação de fertilizantes líquidos deve crescer em Paranaguá

A possibilidade de retomada do mercado de importação de fertilizantes líquidos traz boas perspectivas para as empresas que atuam no segmento no Porto de Paranaguá. Novos mercados e negociações já estão em andamento, assim como a estrutura de armazenagem preparada. A expectativa é que neste ano os volumes de desembarque do produto por mangotes e dutos sejam maiores.

De acordo com o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, a empresa tem trabalhado em conjunto com a iniciativa privada para atrair novos players para os terminais, em todos os segmentos e também tem a missão de aprimorar cada vez mais a condição operacional dos portos do Estado para que continuem sendo referência.

Segundo o gerente da empresa Cattalini, Lucas Guzen, atualmente os fertilizantes líquidos já são uma realidade de diversos mercados em primeiro mundo, principalmente nos Estados Unidos, onde têm uma grande aplicação. “Não precisamos ir muito longe, na América do Sul também é realidade no mercado Argentino”, completa.

Segundo Guzen, ao buscar o produto como alternativa de expansão de mercado, a ideia é aproveitar que o Porto de Paranaguá já é referência na importação de fertilizantes granulados e sólidos. “Já temos um volume mínimo sendo movimentado pelo Porto de Paranaguá, mas há o interesse crescente dos produtores internacionais dos fertilizantes líquidos de aumentar, e tornar esse mercado mais regular e robusto, como é dos demais fertilizantes”.

Informe Paraná Cooperativo, 27/02/2020

Fonte da imagem: Freepik