Culturas

Importação de adubo cresce 54% no ano; indústrias vendem 26% mais

“Os dados mais recentes da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) indicam que a área semeada com grãos pode crescer 3% na safra 2011/12.
Os produtores de café estão renovando suas lavouras e os setores de cana-de-açúcar, citricultura e pastagem também deverão fazer o mesmo. Tudo isso devido aos bons preços obtidos pela agropecuária neste ano. O cenário atual de preços já não é o mesmo do primeiro semestre, mas os patamares atuais ainda indicam ganho para os produtores, principalmente para os que anteciparam vendas.
Essa liquidez maior no campo se reflete na atividade das indústrias do setor. É o que ocorre com as indústrias de adubos e fertilizantes, cujas importações subiram 54% neste ano. O volume que entrou no país nos nove primeiros meses deste ano já soma 15,2 milhões de toneladas, 13% mais do que o de igual período de 2008, quando o setor vivia um cenário de preços recordes.
Além de repor estoques com essas importações, as indústrias se preparam para a grande demanda interna. Os dados da Anda (Associação Nacional para a Difusão de Adubos) indicam que até agosto já foram entregues 17 milhões de toneladas de adubos aos produtores. Esse volume supera em 26% o de igual período de 2010. Em agosto, a distribuição teve ritmo menor, com alta de 17% em relação a agosto de 2010.
Se for mantida até o final do ano essa evolução mensal de 17% apontada em agosto, as entregas deste ano ficariam próximas de 28 milhões de toneladas. No ano passado, somaram 24,5 milhões de toneladas”

Folha de São Paulo , 19/10/2011