Culturas

Clima ajuda e área plantada de arroz no RS avança para 74,2%

A Equipe de Política Setorial do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), divulgou nessa segunda-feira (14) que até o último dia 11 de novembro o Rio Grande do Sul alcançou um percentual de 74,2% de área semeada com arroz. A semeadura gaúcha para o ciclo 2011/12 está atrasada por causa do clima e das dificuldades de acesso ao crédito e renegociação de dívidas dos arrozeiros. Os baixos preços do cereal no mercado nos dois últimos anos também reduziram o fôlego dos produtores.
Segundo o Irga, até a semana passada foram plantados 797,8 mil hectares, de um total previsto de 1,075 milhão de hectares nas várzeas gaúchas. Na temporada 2010/11, foram cultivados 1,170 milhão de hectares. Portanto, houve uma redução da superfície semeada na ordem de 8,1% na atual temporada. Em 2010/11, o Rio Grande do Sul alcançou um recorde de produção. E um dos fatores indicados foi a observância do plantio na melhor época recomendada (até 20 de novembro) em quase todo o estado. Em 2011/12, os técnicos já indicam que haverá perdas em produtividade em razão do atraso, do clima e da redução do uso de insumos, principalmente fertilizantes e defensivos, por conta da falta de renda do produtor.
Em algumas lavouras plantadas no cedo, na Depressão Central, pode-se notar alta presença de invasoras, caso de áreas à margem da BR 287 em Novo Cabrais, entre Candelária e Cachoeira do Sul (RS), com grande infestação e sagitárias.

Planeta Arroz, 17/11/2011